Físicos desenvolvem um  novo conjunto de potenciais para descrever propriedades espectroscópicas

111554.png

Uma equipe de pesquisadores da Universidade Federal de Sergipe, com a participação de Heveson Lima, físico do Centro Multidisciplinar do Campus de Luís Eduardo Magalhães, Universidade Federal do Oeste da Bahia, desenvolveu um novo conjunto de potenciais interatômicos que permitem entender o processo de formação de defeitos em sistemas contendo íons lantanídeos. O modelo desenvolvido consegue explicar informações experimentais, como a relação entre os comprimentos de ligação do dopante e do hospedeiro bem como a simetria local e os níveis Stark do íon oticamente ativo. O estudo abre caminhos para o desenvolvimento de novos dispositivos óticos, para aplicação em dosimetria de radiação ionizante. 

Artigo Científico

Atomistic simulation and spectroscopic study of the Eu3+ doped CaSO4 crystal

André M. Otsuka, Danilo O. Junot, Heveson Lima, Marcos V. Rezende, Marcos A. Couto dos Santos

Journal of Luminescence 226, 117503 - 02 de Julho de 2020